sábado, 5 de maio de 2012

SER CHIQUE SEMPRE!!!

Oi Gentemmm!!! Ontem, conversando com uma amiga sobre como as mulheres se produzem toda para uma festa, do vestido (que tem que ser inédito!), ao cabelo e maquiagem e de como muitas se comportam (e mal!) nestas festas... comportamento que em nenhum momento faz jus ao vestuário elegante e às super produções... e aí eu me lembrei de um texto maravilhoso da Glória Kalil que diz sobre a verdadeira elegância... é o meu pensamento e acredito que de muitas pessoas também...
                                                           Ser Chique Sempre

Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas como nos dias de hoje. A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda.
Elegância é uma delas.
Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro italiano.
O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida. Chique mesmo é quem fala baixo. Quem não precisa chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando são verdadeiras.
Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.
Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.
É evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador. É lembrar-se do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder jamais! Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor. É "desligar o radar", "o telefone", quando estiver sentado à mesa do restaurante, prestar verdadeira atenção a sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!
Chique do chique é não se iludir com "trocentas" plásticas do físico... quando não se pretende corrigir o caráter: não há plástica que salve grosseria, incompetência, mentira, fraude, agressão, intolerância, ateísmo... falsidade.
Mas, para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos terminar da mesma maneira, mortos sem levar nada material deste mundo.
Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não lhe faça bem, que não seja correta.
Lembre-se: o diabo parece chique, mas o inferno não tem qualquer glamour!
Porque, no final das contas, chique mesmo é Crer em Deus!
Investir em conhecimento pode nos tornar sábios... mas, Amor e Fé nos tornam humanos!
(Glória Kalil) 

... talvez seja um pouco batido, mas é o que eu estou sentindo neste momento... Beijinhosss!

12 comentários:

  1. Adorei o texto. Não o conhecia, mas adivinhava-o.
    Penso que, modéstia à parte, esses "Nãos" são o meu lema de vida.
    Gostei imenso.
    Ah! e deixe-me dizer-lhe o quanto a considero abençoada ( além de linda ...) por concretizar no seu dia a dia o meu sonho de camponesa.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Jane, acabei de postar uma referência ao seu blog. Espero que não se incomode.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. jane, este texto cai bem para muitas pessoas que conheço!

    não adianta fazer produções hollydianas se no final da festa sai carregada de tanto que bebeu... deselegãncia total!

    ResponderExcluir
  4. Jane,

    Cheguei aqui por um comentário seu no blog da Nina...
    E gostei do que vi...

    Vou voltar

    Um grande abraço de

    Maria Filomena

    ResponderExcluir
  5. Querida Jane,
    cheguei até aqui pelo blog da Nina, e gostei demais! Voltarei sempre,
    Bjs,

    ResponderExcluir
  6. Oi Jane!
    Muito interessante este texto, nos faz pensar no quanto tem pessoas deselegantes neste mundo, eu pude comprovar isto hoje quando vi uma mulher gritando em uma loja, maltratando uma vendedora, tem dinheiro mas não tem classe, que vergonha!

    Adorei este espaço, abraços Neide

    ResponderExcluir
  7. Olá Jane!
    Cheguei aqui através da Nina.
    Estava procurando esse texto, que considero perfeito, há algum tempo.
    Concordo plenamente com Glorinha Kalil!
    Agora vou conhecer um pouco mais do seu blog, mas adianto que já estou gostando e muito do que vi!
    Grande beijo e abençoado domingo!

    ResponderExcluir
  8. Jane, este texto tem endereços certíssimos......

    ResponderExcluir
  9. Muito bem dito ! Educação sobre tudo e postura !
    Bjs e boa semana.
    Anna

    ResponderExcluir
  10. Jane, vim lá do blog da Nina(www.omeupensamentoviaja.blogspot.com)ler sua postagem.
    Eu já tinha lido em algum lugar o texto da Gloria Kalil. Mas nunca é demais ler uma coisa tão oportuna.

    ResponderExcluir
  11. Jane
    A conselho da Nina, tive curiosidade de ler este belo texto.
    No fundo... no fundo, fico muito feliz por ver que afinal a minha Mãe me ensinou a ser "chique"... quando eu pensava que "apenas" nos estava a "educar", no verdadeiro sentido da palavra.
    Adorei o texto cujo conteúdo é meu lema, transmitido-o a filhos e netos.
    Pena que ainda muita gente não faça a menor ideia do que é ser chique no sentido que a escritora dá a esta palavra.
    Vou segui-la porque gostei muito e para ter oportunidade de ler bom português!
    Um abraço da
    Teresinha

    ResponderExcluir
  12. Puxa vida, tudo o que eu sempre pensei, belo texto!

    ResponderExcluir