quinta-feira, 2 de junho de 2011

Viagem Literária!!!

    Gentem, hoje a noite às 19:00h no Centro Cultural "Salvador Lopes" (Biblioteca Municipal), tem "Bate-papo com o Escritor: Literatura para todos", com o escritor cearense Lira Neto que abordará suas obras literárias "Padre Cícero: poder, fé e guerra no sertão" e "Maysa: Só numa multidão de amores"...a entrada é gratuita e o evento é aberto a toda comunidade...para quem gosta de ler ou pensa em ser escritor é uma boa oportunidade de trocar idéias...
...esses dias na escola um aluno me disse que não gosta de ler pois tem preguiça, demora muito, não tem paciência, prefere jogar no computador pois é mais rápido...é uma geração imediatista, tudo tem que ser rápido, com imagens, se não for assim não interessa...que triste! Para quem gosta de ler, saborear as palavras, a história, os personagens, é tudo de bom...eu às vezes leio um livro e de tão bom que é fico protelando chegar ao fim para não me despedir do livro, eu sei que é besteira, masssss eu sou assim... o que falta? incentivo à leitura ? exemplos dos pais? mais livros, menos tv? Comentem, comentem,cometem!!! Beijosss

12 comentários:

  1. A foto deste post diz tudo. Falta exemplo de pai e mãe. Claro que criança pode gostar de ler mesmo sem ter exemplos dentro de casa, mas é certo que quando os exemplos existem, o gosto pela leitura se manifesta como uma das formas de carinho dos pais. Ler uma história antes de dormir, é um exemplo de expectativa e gosto pela leitura que podemos desenvolver em nossas crianças, desde cedo.

    ResponderExcluir
  2. A verdade é que as famílias de hoje depositam muitas expectativas sobre a escola, deixando de lado sua parcela de contribuição na formação educacional das crianças. E digo mais:- Boa parte dos pais que possuem filhos em escolas particulares, ficam ainda mais alheios ao processo de incentivo à leitura da meninada, fazendo valer a cômoda filosofia do jãrgão "tô pagaaando!"...
    Primeiramente, deve-se detectar o que cada criança GOSTA de ler, porque não é possível que nenhum indivíduo se interesse por assunto algum.
    A criança deve ter seus primeiros contatos com a leitura seja nos livros infantis, seja nas páginas específicas dos jornais ou até mesmo nos gibis. Entendo que ninguém tenha a obrigação de ser ávido pelas leituras clássicas dos livros, mas qualquer referência literária, seja jornal, seja livro ou mesmo revista, serve como estímulo e é enriquecedora para o crescimento intelectual. O que é inadmissível é essa alienação total dos dias atuais. Indivíduos que lêem pouco, escrevem mal, votam mal, e assim por diante. Não é preciso nem dizer as consequências desastrosas desse círculo vicioso...
    Ass:- O Eldoradense

    ResponderExcluir
  3. Talvez não é o que falte, mas sim o que se já tem. Nós temos cada vez mais incentivo da mídia a idolatrar e cultivar o que não é bom, e cada vez menos vemos no mundo pessoas se interessando pelo que realmente lhe faz bem. Eu particularmente não gosto de ler romances ou coisas do tipo. Prefiro ler ou escrever coisas de um vasto argumento.
    Não basta incentivar uma criança a ler ou a desenvolver melhor sua capacidade mental. Temos que nos incentivar a criar novas soluções, pois o mundo não para, e como nas coisas "ruins" da vida, não temos que lutar contra elas, temos que estudar o problema, temos que fazer parte do problema, pois só assim, iremos fazer parte da solução.

    ResponderExcluir
  4. É, mas ler é o tipo de atividade que nunca sai de moda e que nunca é ultrapassado pelo tempo. Cada vez mais a leitura é exigida na vida das pessoas. Podemos não conhecer o mundo viajando de avião, mas podemos conhecê-lo atavés de livros. Tudo se pode conhecer através da leitura.

    ResponderExcluir
  5. Eu não conheço o mundo através de um livro. Pra isso existe a tecnologia, chamada internet.

    ResponderExcluir
  6. Meu caro, você nunca conhecerá o mundo através da Internet pois ela é só um ferramenta, para você edificar a sua vida precisará de muito mais. E mais, a Internet nunca substituirá um livro, uma viagem, um sabor, não se resuma a este instrumento...

    ResponderExcluir
  7. Quem dera as pessoas pudessem dedicar mais tempo da sua vida, lendo um bom livro. Teríamos um maior investimento em cultura e menos ociosidade. Ler, ensina a gente a falar, a pensar, a escrever e aumenta o nosso vocabulário. Isso para fazer um breve comentário. Gostei desse post.
    Bjs Jane. ##########

    ResponderExcluir
  8. Eu também achei interessante as opiniões, não é a toa que leitura e produção de texto está sendo trabalhada com afinco nas escolas públicas e particulares, é preciso ter este olhar especial, é preciso incentivar a leitura mesmo que seja de um gibi como disse o nosso amigo Eldoradense, é preciso melhorar o vocabulário dos alunos que é muito pobre e isso só é possível através da leitura.
    Jane você disse que gosta de ler, seus pais gostavam de ler? Ou você se interessou sozinha pelos livros? Um abraço da professora que não é de Língua Portuguesa.

    ResponderExcluir
  9. Jane, sabe uma coisa que gostei muito no seu blog? As pessoas que escrevem aqui, não são as mesmas que escrevem lá! Não se vê ofenças, falta de respeito ou de educação. E olha que vc não tem filtro. Bjs Flavia

    ResponderExcluir
  10. Oi amiga professora, meu pai sempre gostou de ler (adora livros de conhecimentos gerais!), lembro que quando morávamos em São Paulo ele trazia sempre livros e gibis que comprava nos "sebos",até hoje ele me presenteia com livros e sabe qual era a profissão dele? Armador de ferros em construção civil...minha mãe adora ler horóscopo, revista de fofocas das novelas, livros de ervas medicinais, o importante pra mim foi vê-los lendo, cada um com a sua leitura preferida...Beijosss

    ResponderExcluir
  11. Pois é, Jane.

    Podemos perceber que normalmente quando os pais bebem, os filhos bebem, também.
    Quando os pais fumam, os filhos tem grandes chances de fumar também.
    Quando os pais pescam, os filhos tendem a ser pescadores.
    Ou seja, o exemplo de casa, dos pais, é a base para o que queremos ou gostaríamos que nossos filhos fizessem ou fossem.
    Não tem muito segredo.
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Sabe uma coisa que tenho visto com certa frequencia? Em aniversários infantis, ao invés de entregarem saquinhos de balas e doces para as crianças levarem para casa, elas ganham um envelope com um livrinho de historinha. A ideia é muito legal e as crianças não tem reclamado não, pelo contrario. Todas as formas de incentivar o gosto pela leitura, valem a pena.

    bjs zinha

    ResponderExcluir